Dom Herege (mais um pré-datado…)

Minha história não é um mistério
um vinho incolor inodoro e insípido
até que inventaram o bacanal
ha-ha-ha é alegria geral
ouçam o samba do Santo Grahal!

Abri os braços sobre a guanabara
bebendo água doce e chorando veneno
enxugando o rosto no Santo Sudário
-Tristeza tamanha!
fiz de letra pra o samba o Sermão da Montanha!

Mas nesta versão regional pós-moderna
nenhum crente acreditou
nenhuma testemunha reconheceu
crucificado num cacto
-Ó Pai, que castigo sem-fim!
E no terceiro dia virei passarim.

Anúncios

Sobre louquitetura

Quase palavra que um de nós murmura...
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s